Pela cidadania das mulheres

Nesta semana o GAMAH conseguiu uma conquista importante. Teremos uma titular e uma suplente no Conselho Estadual da Mulher. O conselho reúne representantes da sociedade civil organizada e do governo em favor de ações relevantes para a ampliação da cidadania das mulheres.

Nós, enquanto Grupo de Apoio às Mulheres com Hanseníase – GAMAH, batalhamos pela reabilitação social e pela superação de uma doença pouco divulgada, a hanseníase.

No conselho, participaremos de duas pré-conferências, uma no Plano Piloto e outra em Planaltina, onde fica nossa sede.

“O governo dá remédio, assistência médica, mas não reabilita os doentes de hanseníase para conviver junto com a sociedade. As pessoas em tratamento para hanseníase querem se sentir úteis, ter trabalho, ter renda. Precisamos de dignidade, de cidadania”, diz Marly Araújo, fundadora do GAMAH.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: